Netflix

Oi gente!

Depois de mais de uma semana e uma gripe *emoji revirando os olhos* estou de volta para falar do que eu mais gostei no Netflix, entre séries e filmes e também pedir indicação. Here we go 😉

Dexter

Melhor série (como diz o tio do OK! OK!, o canal do YouTube) EEEEEEVEEEEEEEERRR! Como eu disse no Top 5 – Livros, eu sou apaixonada pela história do serial killer da escória da sociedade (lê-se assassinos, estupradores, coiotes…). A série é bem fiel ao livro e é super bem produzida. Isso sem contar a abertura brilhante, os flashbacks…

Gossip Girl

Mais uma série de livros que virou série de TV da qual eu sou in love. Embora a adaptação para a TV não seja lá muito fidedigna, a série continua incrível. As tramas paralelas envolvem tanto quanto as principais. O curioso é que nos primeiros episódios eu achava que os livros eram mais legais que a série. Ledo engano…

Glee

A série original da Fox é uma das minhas preferidas por causa da música. A história se mostrou bem envolvente também, tanto que vejo a mim mesma na Rachel, em vários aspectos.

A Pele Que Habito

O filme de Pedro Almodóvar é um que eu tinha vontade de assistir há bastante tempo. A história do cirurgião plástico interpretado por Antonio Banderas que tenta desenvolver a todo custo uma pele artificial resistente a tudo é envolvente, surpreendente e cheia de reviravoltas. Em suma, o filme mais loco que eu já assisti.

Meninas Malvadas

Porque um clássico é um clássico, né non? Nada mais a dizer sobre esse filme. #sangméchant

Backstreet Boys: Show ‘Em What You’re Made Of

Show ‘Em What You’re Made Of conta a história da maior boyband de todos os tempos e o processo de produção do último CD dos Boys, In a World Like This. Quem de fato conta a história são os próprios Boys, inclusive com visitas a seus lugares de origem. Nem preciso dizer o quanto amei, né?

E aí, curtiram? Comentem aí, nunca vos pedi nada!

Beijos,
Pinky

Anúncios

Top 5 – Boybands

Oi gente!

Estou aqui para falar de um assunto que eu A-M-O: boybands. Essas bandas de garotos, desconhecidos ou irmãos, que fazem muito sucesso há gerações, mereciam um top aqui! Atenção, o top é baseado na minha preferência, no meu gosto pessoal, não em charts ou no quanto fez história, então, se você não ver a boyband da sua adolescência aqui, não diga que eu não avisei. Here we go:

5º lugar – Five

image

Conheci o Five procurando coisas sobre a noite teen do Rock in Rio 2001, aquela só com Britney, *NSYNC e Sandy & Junior. Gostei das músicas e baixei três (Everybody Get Up, When The Lights Go Out e Keep On Moving). Eles também gravaram uma versão de We Will Rock You com Brian May na guitarra e Roger Taylor na bateria. Aqui embaixo, o maior hit deles, que está sempre na minha playlist:

4º lugar – New Kids On The Block

image

A boyband dos anos 80 que deu origem às dos anos 90 tinha que estar aqui! Conheci o NKOTB assistindo MTV de manhã cedo, era um especial deles. Minha reação foi “meu, isso é muito anos 80!”. A partir daí, fui procurar as músicas e baixei (You Got It) The Right Stuff, fixa na minha playlist. Aqui o primeiro clipe que eu assisti, Step By Step:

3º lugar – Jonas Brothers

image

Se eu pudesse resumir minha adolescência em duas palavras, eu resumiria em Jonas Brothers. Conheci os JB JB é Jonas Brothers sim, pronto e acabou em 2008, era a modinha do momento, de tanto ouvir When You Look Me In The Eyes e Burnin’ Up no rádio. Viviam na Capricho e eram muito associados à Miley Cyrus, de quem eu já era fã. Fui descobrir que era fã em 2009, quando eles vieram ao Brasil pela primeira vez e eu enchi o saco para ir no show. Fui, gritei, chorei e cantei como se fosse fã desde sempre. Daí pra frente, só piorou. Virei jonatic daquele jeito (fã-nática), fiz parte do Team Jonas (o fã-clube oficial da banda), criei Facebook, Instagram e Snapchat por causa deles e sou dona de fc no Twitter (até hoje). E eu era uma Kevin girl (o objetivo da minha vida foi casar com esse homem, literalmente) no meio de tantas Joe e Nick girls. Enfim, a banda acabou em 2013 e cada um seguiu seu caminho (Nick virou cantor solo, Joe virou DJ e vocalista da DNCE e o Kevin, empresário, personalidade da mídia e rei do Snapchat). Vamos ao maior hit da banda, Burnin’ Up, antes que eu morra de sofrência:

2º lugar – *NSYNC

image

Pra mim, a segunda melhor boyband do mundo é essa. Conheci em 2007, por intermédio de uma professora, fanzaça do JT. Lá por 2010, resolvi ouvir as músicas. Apaixonei e baixei todos os cds. Bem, em 2013, durante a performance do Justin no VMA, eles se reuniram (vide foto). Tive um ataque ao ver isso. Chorei, cantei e quis sair gritando pela sala. Aqui, o maior hit dos professores do pop, a boyband mais sincronizada ever, Bye Bye Bye:

1º lugar – Backstreet Boys

image

A maior boyband de todos os tempos, os professores do pop são os donos do primeiro lugar desse ranking. BSB é a minha boyband preferida, tanto que fiquei super triste de não ter ido no show em 2015. Bem, conheci os Boys (agora Men) em 2009, numa revista Todateen, que falava de clipes com coreografia e citava Everybody. Fui ouvir as músicas, ver as performances e… apaixonei e baixei todos os cds. E, para fechar o post com chave de ouro, o maior hit dos BSB, I Want It That Way (eu sei que você leu cantando).

E aí, curtiram? Comentem aqui as boybands preferidas de vocês e sugestões de tops!

Beijos,
Pinky

Top 5 – Performances no VMA

Oi gente!

O MTV Video Music Awards, é (ou era) a minha premiação preferida. Por recentemente ter saído a polêmica lista dos indicados, resolvi fazer o meu Top 5 das performances na premiação. Confere aí!

5º lugar: Justin Timberlake com *NSYNC – 2013

Naquele ano, mesmo com Miley Cyrus roubando a cena, JT foi premiado com o Michael Jackson Video Vanguard Award, e fez uma apresentação inesquecível com seus maiores hits e pasmem, com uma reunião aguardadíssima do *NSYNC, cantando Gone, Girlfriend e Bye Bye Bye. Essa foi a primeira performance épica que eu vi na TV, ao vivo. Nem preciso dizer que chorei e quase berrei como uma boa fã histérica quando Chris, Joey, Lance e JC se juntaram ao Justin no palco, né? E olha que *NSYNC nem é do meu tempo

4º lugar: Backstreet Boys – Everybody – 1998

Eu também amo de paixão os Backstreet Boys e essa performance, pra mim, é uma lição de como é uma boyband de verdade, com direito a AJ, Brian, Howie, Kevin e Nick arrebentando na dança e cantando ao vivo!

3º lugar: *NSYNC – Pop – 2001

Você, cara leitora (ou caro leitor), deve estar pensando “*NSYNC de novo?! Quantos anos essa mina tem?! 30?!”. Eu tenho 18, mas praticamente só ouço coisa antiga, dos anos 80/90, haja visto que o pop atual está decadente, e, pour moi, essa foi a melhor performance do VMA 2001, com direito até a dance break do Michael Jackson!

2º lugar: Britney Spears – I’m A Slave 4 U – 2001

Essa é a performance mais lembrada do VMA 2001, da história do Video Music Awards e da carreira da rainha princesinha do pop. Quem não lembra da imagem de Britney segurando uma cobra sobre os ombros ao ouvir Slave? Aliás, lembramos mais dessa apresentação do que do clipe em si #AdmiteBritneyArmy!

1º lugar: Britney Spears – (I Can Get No) Satisfaction/Oops!… I Did It Again – 2000

A minha preferida ever! Sei que pareço repetitiva, mas essa é uma das épicas do VMA! Quem não se lembra da Brit-Brit vestida com o terno de risca de giz e chapéu Fedora e no meio de Satisfaction arrancando tudo e aparecendo com uma roupa nude com brilhinhos? E daquele dance break maravilhoso? Enfim, assiste aí!

Então, curtiram? Qual é o SEU top? Me conta nos comentários!

Beijos,
Pinky