#PinkyEmSP – S02E04

Oi gente!

Depois de quarta e quinta fazendo vários nada, sexta foi dia de piscina e igreja. Fui visitar a igreja em que eu me batizei, a Restaurando Vidas (antiga Casa Firme Liberdade). Os pastores, Ademir e Elsa Lima, são padrinhos de casamento dos meus pais. Sans photos. No sábado, fui visitar amigos que eram da ADUPV.

O look de sexta e sábado. Blusa Amarras, calça Renner, sandália Louise Prado (já postei no look do ano novo), bomber e bijoux de acervo pessoal.
A jaqueta bomber, que é de crepe de seda. Eu achei no armário da minha avó. Ela, e mais outras duas peças, ganharão um post logo logo.

No domingo, meu pai e meu irmão chegaram em SP. Sans photos aussi.

Na segunda-feira, fui ao centro com o meu pai atualizar documentos, tomar chá com leite no Rei do Mate e andar na Galeria do Rock. Coisas de pai e filha. Por lá, ainda comprei O Quarto K (falei dele no Livros do Mês de agosto), de Mario Puzo, num sebo e mandei fazer uma camiseta da DNCE na Galeria.

O design da estampa foi feito por mim 😉

E aí, curtiram? Logo logo tem mais!

Beijos,
Pinky

PS: quem quiser visitar a Restaurando Vidas e ouvir sobre Deus, o endereço é Rua Conselheiro Furtado, 559, Liberdade.

Livros do mês – dezembro

Oi gente!

O Natal está chegando e, adivinhem quem NÃO está no clima? Eu mesma, Andrea Mello Pinky Ribeiro. Na semana passada, eu mudei de novo de endereço, ou seja, não montei nem a casa direito, quanto mais fazer a décor de Natal. De qualquer forma, o assunto do presente post é outro, os livros do mês de dezembro. Here we go:

Omertà, de Mario Puzo

O último livro escrito pelo autor, já adianto, é muito bom. Omertà encerra  trilogia da máfia, composta por O Poderoso Chefão e O Último Chefão. A história é sobre o assassinato de um don aposentado e a caçada ao assassino/mandante. Omertà é o único livro físico da lista. Os outros são e-books.

Guia Politicamente Incorreto do Futebol, de Jones Rossi e Leonardo Mendes Júnior

Vocês já devem imaginar o quão apaixonada eu sou por essa série de livros, né? E este é especial, já que eu sou a única aqui de casa que gosta de futebol #alôcorinthianaroxa. Como diz o título, o livro se propõe a desmistificar alguns dogmas da história do esporte.

A Coroa, de Kiera Cass


Este é o último livro da saga A Seleção. Ele conta como a Seleção da pessoa mais odiada de Illéa, princesa Eadlyn Schreave termina e como ela tem que reger o país e fazer sua popularidade subir após o enfarte da rainha America, que obrigou o rei Maxon a deixar o cargo temporariamente.

Então, curtiram a lista? Comentem aqui, please.

Beijos,
Pinky

Livros do mês – agosto #1

Oi gente!

Hoje vou falar dos livros de agosto, que li ou estou lendo Here we go:

Gossip Girl Psycho Killer, de Cecily Von Ziegesar

Nesse remake de 2012 banhado a sangue do primeiro livro da série, As Delícias da Fofoca, Blair e Serena estão mais competitivas do que nunca, literalmente desejando a cabeça uma da outra, além de assassinarem por aí a bel-prazer, sem interferência de ninguém. Para quem é fã da série, recomendo. #Spoiler: Chuck Bass morre no final.

A Herdeira, de Kiera Cass

O quinto livro da série A Seleção traz uma Seleção totalmente nova. Dessa vez, Eadlyn Schreave, a princesa herdeira de Illéa (sim, ela é a primeira filha de America e Maxon #spoiler), tem que selecionar seu futuro marido e príncipe/rei consorte de Illéa. O livro segue o estilo dos anteriores, ou seja, prende até o último segundo. Recomendo.

A Experiência Apple, de Carmine Gallo

Um livro de marketing que qualquer pessoa que tem um negócio deve ler. Fala sobre a como a Apple cativa seus consumidores e faz quem não é cliente da marca desejar seus produtos. O enfoque é na experiência de consumo, ou seja, a experiência na loja, na assistência técnica, etc.

O Quarto K, de Mario Puzo


O que dizer de Mario Puzo, né gente? Numa história que transcorre em um futuro próximo, Mario Puzo utiliza como tema os Kennedy, um dos mais poderosos mitos americanos. Sobrinho de John, Robert e Edward, Francis Xavier Kennedy é eleito presidente dos Estados Unidos. Sua metamorfose, caracterizada pela explosão de uma agressividade latente, é um dos mais interessantes aspectos da narrativa. Quando sua filha se torna vítima fatal de uma conspiração terrorista, Kennedy, que mantinha viva a lembrança do assassinato de seus tios, aciona todo o poder de retaliação, enquanto o mundo assiste a tudo com horror. Ao ser derrotado pelo processo político, ele se torna um líder cruel e extremista, distanciando-se cada vez mais da imagem otimista que o ajudou a se eleger. (Sinopse copiada do site da Livraria Cultura). “Lôco” demais!

E aí, curtiram? Indiquem mais livros nos comentários 😉

Beijos,
Pinky