Comprando na Dafiti

Oi gente!

Hoje vou falar da minha primeira compra online, três sapatilhas na Dafiti.

Da marca FiveBlu.

Eu comprei as ditas-cujas pelo aplicativo, já que tive um pouco de problema ao fechar a compra pelo navegador (tanto pelo computador quanto pelo celular), naquela promoção de “3 sapatilhas por R$ 99”. Comprei no dia 19, paguei no dia 20 e elas chegaram dia 27 (a previsão de chegada era em 11/10). Se eu recomendo? Super! Vale muito a pena, principalmente em promos como essa.

Quanto aos looks, ainda montarei.

E aí, curtiram? Me contem se vocês já compraram roupas e sapatos em alguma loja online.

Beijos,
Pinky

PS: Isso não é um publipost.

Anúncios

Uma Saudade – MTV Brasil

Oi gente!

Depois de dez dias sem achar algo legal pra postar aqui, tive uma ideia de supetão de escrever sobre algo que eu tenho saudade (e que deve virar uma série de saudades), a MTV Brasil, mas quando era canal aberto pertencente à Abril Radiofusão.

mtv-logo

A MTV Brasil começou em 1990, na cidade de São Paulo. Veio com a proposta de ser um canal jovem e voltado para a música. Desde lá até 2013, quando foi devolvida à Viacom e virou canal a cabo, fez parte da vida de muitas pessoas.

A minha história com este canal começou em 2009, quando eu assistia sempre os programas e passei a acompanhar o VMA. Em 2010 passei a assistir religiosamente depois que chegava da escola o Acesso MTV (comandado à época por MariMoon e Titi Müller), o Top 10 (apresentado por Vanessa Hadi, depois por Ellen Jabour e posteriormente com Didi Effe, com quem tenho uma foto). Eu também assistia do mesmo modo o Top Top (que contava a história da música e tinha Marina Person e Leo Madeira no comando), o Quinze Minutos (programa do Marcelo Adnet e do Kiabbo), o Furo MTV (jornal apresentado – daquele jeito – por Dani Calabresa e Bento Ribeiro), o Comédia MTV, o Quinta Categoria (de comédia de improviso), obviamente o VMA…

Outras coisas que eu gostava muito eram o MTV World Stage, os especiais de Carnaval e Dia do Rock (comandados por Bruno Sutter, aka, Detonator), Fudêncio e Seus Amigos me julguem

Em 2013, passando por seríssimos problemas financeiros, a programação degringolou, virou um grande velório, muitos foram demitidos e a MTV foi devolvida à Viacom e virou canal a cabo. Depois disso, eu nunca mais assisti.

Escrevi esse post como uma forma de homenagear esse canal. Muito obrigada, sem vocês a minha adolescência não seria a mesma!

E aí, curtiram o flashback? Me deem sugestões de posts!

Beijos,
Pinky

Top 5 – Álbuns ao vivo do Queen

Oi gente!

Vamos falar de novo de música, porque hoje, 05 de setembro de 2016, o maior frontman da história do rock, Freddie Mercury, completaria 70 anos. O top é de álbuns ao vivo porque o Freddie (assim como os igualmente geniais Brian May, Roger Taylor e John Deacon) hipnotizava centenas de milhares de pessoas nos shows apoteóticos do Queen.

Como já falei no Top 5 – bandas de rock, o Queen é a minha banda de rock preferida e foi passado de pai pra filha. Here we go:

5º lugar – Live Killers

wp-1473091233561.png

Este foi o primeiro álbum ao vivo da banda, lançado em 1979, e gravado durante a turnê do álbum Jazz. Tem os grandes sucessos da banda até àquela época e as músicas do Jazz. Tem no Spotify.

4º lugar – Queen On Fire – Live at The Bowl

wp-1473091760761.png

Esse cd foi lançado em 2004 e gravado em 1982, em Milton Keynes, Inglaterra, durante a turnê do disco Hot Space. Tem no Spotify também.

3º lugar – Hungarian Rhapsody: Queen Live in Budapest

Esse foi lançado em 2012 e gravado em 1986, em Budapeste, Hungria, durante a Magic Tour, a última turnê de Freddie Mercury. Tem no Spotify.

2º lugar – Queen Rock Montreal


Esse foi lançado em 2007 e gravado em 1981, em Montréal, Canadá, durante a turnê do disco The Game. É um dos álbuns mais teatrais da banda. Tem no Spotify.

1º lugar – Live at Wembley ’86

O show mais icônico do Queen. Cerca de 100 mil pessoas no estádio de Wembley, em Londres, durante a última turnê do Freddie, a Magic Tour, em 1986. O cd foi lançado em 1992. Ele tem todos os hits da banda até àquela época. Tem no Spotify.

E aí, curtiram? O Queen só tem sucessos nos álbuns ao vivo, ou seja, dá pra ouvir no último volume.

Beijos,
Pinky

Francinne – Na Pele

Oi gente!

Hoje ~finalmente~ saiu o primeiro EP da Francinne (já falei dela aqui), o Na Pele aka a salvação do pop nacional. Vou falar do EP aaaand do clipe de Meninas Querem Diversão, que também sai hoje.

A capa do dito-cujo. (Foto pega do Facebook da cantora)

Pra começar, devo dizer que as músicas do EP são daquelas que grudam na cabeça, bem pop mesmo (tem influências do eletrônico, do funk e até samba, mas o pop predomina). Vamos no faixa a faixa.

Meninas Querem Diversão

A faixa que abre o EP e também lead single, é o tipo de música que te faz querer se juntar “cazamiga” pra dançar e bater cabelo. Cheguei, a festa pode começar!

Me Namora

Essa foi o primeiro buzz single do EP, lançada no fim do ano passado. Muito dançante também. Deixa o som te controlar, se permita se entregar.

Requebra no Som

Segundo buzz single, foi lançada na semana do Glory, da maior influência da Fran, the legendary miss Britney Spears. Essa faixa é bem Anitta e tem beatbox e até um pandeiro no “ela samba, rebola, requebra no som”. Quando você vê, grudou na cabeça.

Só no Ca$H

Meio Valesca-se-jogou-no-pop. Dá pra dançar, gruda na cabeça, e tals, mas foi a que eu menos gostei. Sorry.

Na Pele

Uma faixa mais sexy, meio Breathe On Me. Boa pra ouvir de boas, dançar e cantar junto. A loira mostra nessa que também manja dos high notes.

Melhor Sozinha

Minha preferida! Uma boa baladinha (e que não é parada) sobre amor mal-resolvido. Meio Britney no começo da carreira meets Rouge. Amei, adorei, achei tudo.

Consideração final: esse EP te faz sentir num club, perfeito pra colocar no último volume e se acabar de dançar. Francinne é um sopro de frescor, é uma novidade, é pop até o tutano. Parabéns Fran e Mister Jam (o produtor e manager da gaúcha) pelo EP, que pode ser ouvido em todas as plataforma de streaming e comprado no iTunes e no Google Play.

Quanto ao clipe de Meninas Querem Diversão, ele sai às 17h no canal dela do Vevo 😉

E aí, curtiram? Me falem o que acharam da Francinne. Lembrando que isso não é um publipost, estou falando da cantora porque gosto dela.

Beijos,
Pinky

UPDATE: O clipe de Meninas Querem Diversão acabou de sair. Play!