Customizando a capinha do celular

Oi gente!

No #PinkyEmSP – S02E05, eu falei de uma capinha de celular que comprei na Santa Ifigênia, transparente com uma Minnie em rose gold. Well, logo que eu voltei de viagem, ainda em janeiro, percebi que todo o desenho metalizado estava saindo, e assim foi até sair por inteiro.

E em algum dia por aí, me deu vontade de customizar a capinha com o meu monograma (sim, é esse que você vê logo que abre a página do blog. E assim eu o fiz, com caneta para cd. Infelizmente, não lembrei de tirar foto do antes, então, só tenho o “durante” e o resultado final. Here we go:

20170405_203219
A capinha no durante.
20170501_000104-1
A capinha depois de pronta.

Depois que a tinta da caneta secou, o que foi bem rápido, o desenho não borrou. Agora, eu tenho uma capinha que ninguém mais tem 💁

E aí, curtiram? Me contem o que acharam nos comentários.

Beijos,
Pinky

PS: A quem interessar ninguém, meu celular é um Samsung Galaxy Gran Prime Duos.

Customizando um jeans rasgado

Oi gente!

Quando estávamos em São Paulo, meus pais compraram pra mim um jeans skinny rasgado. Até ai, ok, mas o jeans começou a rasgar demais no joelho, em L. Como a situação estava ficando punk, peguei um tecido que eu tinha em casa e costurei no rasgo, por dentro. O resultado ficou bom.

O resultado está no joelho direito (na foto). Não lembrei de tirar foto do antes #sorry

E aí, curtiram? Me contem nos comentários.

Beijos,
Pinky

Fazendo minha própria camiseta

Oi gente!

Este é um assunto “antigo”, ou seja, de janeiro, mas me bateu a inspo pra falar dele agora.

Então, em janeiro, conforme um dos posts do #PinkyEmSPS02, eu mandei fazer uma camiseta lá na Galeria do Rock com uma estampa criada por mim mesma, aquela com os nomes dos membros da DNCE que inclusive já está bem gastinha.

A estampa eu fiz no PhotoGrid (sim, o aplicativo de celular), na função estilo livre. E, ao achar a loja, a Red Transfer, resolvi fazer um teste com ela. E deu certo.

Mandei a foto do design via WhatsApp para a loja e eles imprimiram na camiseta. Isso me custou R$ 25.

wp-image-1114204471jpg.jpg
A dita-cuja.
Como a camiseta ficou en moi.


Depois disso, me surgiram váááárias ideias de camisetas com frases, que aliás estão suuuuuuuper na moda (vide revistas, blogs, Pinterest…). E agora que eu sei como materializar as ideias, ninguém me segura 😉

E aí, curtiram? Me contem nos comentários!

Beijos,
Pinky