Comprando na Zattini

Oi gente!

Ontem ~finalmente~ chegou a minha tão sonhada bota over the knee, que, como diz o título, comprei na Zattini. E neste post, vou contar como foi a experiência de compra no e-commerce. Como eu já comprei na Dafiti e na ShopTimão (que assim como a Zattini, é gerenciada pelo grupo Netshoes), deve rolar uma comparação.

Well, vi a bota em oferta, loguei (pois tenho conta na Netshoes desde 2012) e comprei. Até chegar, foram 15 dias (a título de comparação, quando comprei na Dafiti, a encomenda levou exatos sete dias para chegar).

A bota veio assim, com um saquinho de feltro da Zattini e um catálogo da loja. ambos dentro da caixa além, obviamente, da própria bota. Tudo certinho.

Conclusão: a Zattini tem bons preços, mas tem que ter muuuuuuita paciência para esperar.

Beijos,
Pinky

Anúncios

Camisa de futebol no look

Oi gente!

Esse é um post que eu venho enrolando pra escrever planejando há muito tempo. Se, assim como eu, você gosta de futebol, certamente tem uma camisa do seu time do coração (ou até mais). Mas a grande questão é: da para fazer a peça ser algo fashionista? Ou melhor, dá pra usar camisa de time quando não é dia de jogo? A resposta é sim!

Esse look, como eu postei no #PinkyEmSP S02E01, foi de viagem. Combinei a camisa do meu Corinthians com jeans skinny okay, esse já está quase uma baggy, tênis estilo All Star e jaqueta jeans (e mochila). Funcionou super. E todo mundo no ônibus ficou me chamando de corinthiana hehe

lookdodia478-21
Retirado do JustLia.com.br

A Lia Camargo, do Just Lia, combinou a camisa do Coringão com calça flare, tênis Superga e uma jaquetinha (dá pra ver o look completo da Lia lá no Just Lia) para ver o time na Arena. Dá pra usar no shopping de boinhas.

Okay, os dois looks que eu achei ficaram parecidos (não só porque as “modelos” torcem para o mesmo time), musss, dá muito bem pra variar a parte de baixo, os sapatos e os acessórios, desde que combinem com as cores do time, ou seja, não inventa de jogar as cores do rival, tipo verde.

E então, curtiram? Me contem se vocês querem ver mais posts assim por aqui.

Beijos,
Pinky

Customizando um jeans rasgado

Oi gente!

Quando estávamos em São Paulo, meus pais compraram pra mim um jeans skinny rasgado. Até ai, ok, mas o jeans começou a rasgar demais no joelho, em L. Como a situação estava ficando punk, peguei um tecido que eu tinha em casa e costurei no rasgo, por dentro. O resultado ficou bom.

O resultado está no joelho direito (na foto). Não lembrei de tirar foto do antes #sorry

E aí, curtiram? Me contem nos comentários.

Beijos,
Pinky

Fazendo minha própria camiseta

Oi gente!

Este é um assunto “antigo”, ou seja, de janeiro, mas me bateu a inspo pra falar dele agora.

Então, em janeiro, conforme um dos posts do #PinkyEmSPS02, eu mandei fazer uma camiseta lá na Galeria do Rock com uma estampa criada por mim mesma, aquela com os nomes dos membros da DNCE que inclusive já está bem gastinha.

A estampa eu fiz no PhotoGrid (sim, o aplicativo de celular), na função estilo livre. E, ao achar a loja, a Red Transfer, resolvi fazer um teste com ela. E deu certo.

Mandei a foto do design via WhatsApp para a loja e eles imprimiram na camiseta. Isso me custou R$ 25.

wp-image-1114204471jpg.jpg
A dita-cuja.
Como a camiseta ficou en moi.


Depois disso, me surgiram váááárias ideias de camisetas com frases, que aliás estão suuuuuuuper na moda (vide revistas, blogs, Pinterest…). E agora que eu sei como materializar as ideias, ninguém me segura 😉

E aí, curtiram? Me contem nos comentários!

Beijos,
Pinky

Vale a pena relembrar: army mood

Oi gente!

Se no inverno passado, a tendência militar estava mais acanhada, esse ano ela está pronta pra guerra! Blogs como Helena Bordon e It Yourself estão apostando alto nisso. Então, vale a pena relembrar este post do ano passado.

E então, curtiram? Me contem nos comentários, porfa.

Beijos,
Pinky

Top 5 – It bags

Oi gente!

Este Top 5 de bolsas-desejo é também uma wishlist do #CoisasParaComprarQuandoFicarMilionária. Afinal, quem de nós nunca ficou babando e pensando seriamente em vender um rim só pra comprar uma delas quando vê no Pinterest/We Heart It/Instagram/look do dia de blogueira rica? Sejamos honestas 😂 Vamos ao top:

5o. lugar – Luggage, da Céline

4o. lugar – Boy, da Chanel

3o. lugar – Speedy, da Louis Vuitton

2o. lugar – Classic Flap, da Chanel

1o. lugar – Birkin, da Hermès

Só comenta quem vai vender a avó para comprar as bolsas! É brincadeira, vó! Você sabe que eu te amo!

Beijos,
Pinky

Garimpando do armário da avó

Oi gente!

Antes de viajar, eu arrumei o armário da minha avó e encontrei alguns tesouros fashion, como uma jaqueta bomber estampada – eu gastaria, por baixo, uns 200 reais em uma peça como aquela -, um cordão-de-são-francisco perfeitamente usável como choker, uma bolsa novíssima, além de vários outros itens. Peguei pra mim a jaqueta, a bolsa e o choker.

A bomber.
O choker.

A bolsa (já usei muito), que é da TKTS.

Como todo mundo sabe, a moda é cíclica – nada se cria, tudo se copia – então no armário da mãe, da tia, da avó e até do pai deve ter algo fashion. Já achei várias peças legais dessa forma, como minha calça de couro, uma camisa xadrez, a gandola do exército…

E aí, já fizeram alguma coisa assim? Me contem.

Beijos,
Pinky

#PinkyEmSP – S02E04

Oi gente!

Depois de quarta e quinta fazendo vários nada, sexta foi dia de piscina e igreja. Fui visitar a igreja em que eu me batizei, a Restaurando Vidas (antiga Casa Firme Liberdade). Os pastores, Ademir e Elsa Lima, são padrinhos de casamento dos meus pais. Sans photos. No sábado, fui visitar amigos que eram da ADUPV.

O look de sexta e sábado. Blusa Amarras, calça Renner, sandália Louise Prado (já postei no look do ano novo), bomber e bijoux de acervo pessoal.
A jaqueta bomber, que é de crepe de seda. Eu achei no armário da minha avó. Ela, e mais outras duas peças, ganharão um post logo logo.

No domingo, meu pai e meu irmão chegaram em SP. Sans photos aussi.

Na segunda-feira, fui ao centro com o meu pai atualizar documentos, tomar chá com leite no Rei do Mate e andar na Galeria do Rock. Coisas de pai e filha. Por lá, ainda comprei O Quarto K (falei dele no Livros do Mês de agosto), de Mario Puzo, num sebo e mandei fazer uma camiseta da DNCE na Galeria.

O design da estampa foi feito por mim 😉

E aí, curtiram? Logo logo tem mais!

Beijos,
Pinky

PS: quem quiser visitar a Restaurando Vidas e ouvir sobre Deus, o endereço é Rua Conselheiro Furtado, 559, Liberdade.

Look do ano novo

Oi gente!

Em uma edição extraordinária do look do dia, vou mostrar meu look da noite de ano novo. Here we go:

Foto tirada do Gran Prime da minha tia. Não reparem na mala ali do lado.

Vestido Nayara, sandália Louise Prado e bijoux de acervo pessoal.

A sandália, o esmalte (Carbono, da Colorama) e as pernas lastimáveis da blogueira.
Maquiagem feita por mim mesma com aprovação da tia maquiadora. Me senti a Ariana Grande (só que taurina e grande de fato #cazalbé) com o rabo de cavalo, o delineador gatinho e o choker.

E aí, curtiram? Feliz ano novo!

Beijos,
Pinky

#PinkyEmSP – S02E02

Oi gente!

Dessa vez vou contar sobre os dois primeiros dias em São Paulo. Bem, no dia que eu cheguei, abracei cada um dos meus primos e à noite fui matar minha vontade de pizza com eles, na Freguesia do Ó, perto da casa minha tia. Literalmente quebrei a banca! No dia seguinte, sol e piscina com as tias e os primos.

Na quarta-feira, foi um dia maravilhoso, porque encontrei minhas duas melhores amigas numa tacada só. Fui à Avenida Paulista com a Joyce e conheci o Shopping Cidade São Paulo, fui em outros lugares da avenida símbolo de São Paulo, fiz minha “estreia” no Starbucks e conheci o Taco Bell do Top Center. Segura que vai ter surra de fotos.

Créditos do look: blusa Whoop, saia Jin DG (mandei encurtá-la), sapatilhas FiveBlu, bolsa TKTS e brinco de acervo pessoal.
Praça do Ciclista.
Escadaria da Gazeta.

Assim que chegamos ao shopping, resolvemos ir no Starbucks, já que eu nunca fui. A Joy pediu um Frappucino Floresta Negra e eu pedi um chá, já que eu não bebo café e não sabia que podia pedir sem café. Realmente é gostoso, mas o Rei do Mate continua soberano.

Eu e a Joyce no Starbucks do Shopping Cidade São Paulo.
O chá que eu pedi. Se não me engano, era mate com limão.

Depois que a chuva da tarde de ontem parou, fomos descobrir onde era a Forever 21. A loja fica no Top Center e neste shopping fica o Taco Bell onde nós comemos. Pedi um Crunchy Taco de carne para experimentar. É gostoso. Os preços do Taco Bell ficam na mesma faixa dos demais fast-foods.

Como vieram os tacos que eu pedi (um era meu e outro era da Joyce)
O taco que eu pedi, já mordido.

Depois, ficamos loucas na Fnac e voltamos para casa. O metrô, por incrível que pareça, não estava lotado. Chegando na minha tia, minha outra BFF, a Amanda estava lá e ainda me deu uma body splash da Victoria’s Secret de presente. Podia ser melhor? Depois, viemos de Uber para a casa da minha outra tia.

Enfim, foi isso. Espero que tenham gostado.

Beijos,
Pinky

PS: ainda comprei na Paulista uma bandana e um postal de São Paulo, que não tirei foto.