Look dos dias 10 e 24/01/16

Oi gente!

Seguem os looks de 10 e 24 de janeiro, para a church.

Domingo, 10/01

Como vocês já puderam ver em outros posts, eu AMO saia longa. É o tipo de saia com que eu me sinto mais a vontade, fora que é super elegante. Essa daqui ganhei da minha tia.

image

Blusa Whoop, saia Jin DG, sandálias ViaBeach e bijoux de acervo pessoal.

image

Detalhe do brinco, que a minha tia me trouxe da Feirinha Hippie de Belo Horizonte, e do batom. Já falei dele aqui. E tô apaixonada 💗

image

Detalhe da pulseira.

Domingo, 24/01

Resolvi adiantar o look Exposição (a Exposição Agropecuária de Itapetinga tem um dress code implícito) porque estava chovendo na hora de ir para a igreja. Pra não enfiar o pé na lama, literalmente, fui de bota.

image

Camisa Renner, blusa Gregory, calça Riachuelo, botas Prego e bijoux de acervo pessoal.

image

Os anéis.

E aí, curtiram? Comentem, comentem, comentem!

Beijos,
Pinky

Top 5 – High School Musical

Oi gente!

Hoje, 20 de janeiro, High School Musical faz 10, isso mesmo, DEZ anos de lançado! E eu, que fui muito fã dos filmes entre o fim da infância e a pré-adolescência shippo Zanessa até hoje, resolvi fazer um Top 5 com as melhores músicas do HSM1. Check it out:

5o. lugar – Breaking Free

O dueto de Troy e Gabriella nas audições final para o musical de inverno foi, por muito tempo, meu subnick no MSN sou velha mesmo (pra quem não sabe o que é subnick do MSN, isso equivalia ao status do WhatsApp), além de ser o melhor dueto do casal.

4o. lugar – Stick To The Status Quo

Essa é cantada pelos coadjuvantes e fala que eles são muito além de meros nerds, skatistas ou jogadores. Com direito a solo da rainha do East High, Sharpay Evans, tentando colocá-los em seus “devidos lugares”.

3o. lugar – What I’ve Been Looking For

O primeiro dueto dos gêmeos Sharpay e Ryan do filme. É cantado na primeira audição para o musical de inverno e conta com um número de sapateado da fabulosa vilã. Tudo por um papel!

2o. lugar – Bop To The Top

Talvez um dos números mais memoráveis do filme! Sei a coreografia até hoje, confesso! Mas cá pra nós, minha versão preferida é de Zack e Cody: Gêmeos em Ação, com Maddie, London, Zack e Antonio.

1o. lugar – WE’RE ALL IN THIS TOGETHER

TOGETHER, TOGETHER, TOGETHER EVERYONE… Todo wildcat que se preze tentou aprender essa coreografia! A música mais icônica de HSM mereceu o primeiro lugar e também as maiúsculas. Berre cada verso comigo!

E aí, estão tão nostálgicos quanto eu? Comentem o top 5 HSM de vocês! E lembrem-se, não importa o que aconteça, CANTEM!

Beijos,
Pinky

Top 5 – Livros

Oi gente!

Eu estava desde o começo do blog pensando em fazer um top só dos meus livros preferidos, pois sou daquelas leitoras super vorazes mesmo. Cheguei a escrevê-lo no Word, inclusive. So, let’s go:

5º lugar: todos os Dexter – Jeff Lindsay

image

Comecei a ler a série no início de 2014, por muita vontade de assistir a série e nenhuma internet decente pra isso. Resultado: devorei seis dos sete livros em menos um mês (não cheguei a devorar o sétimo porque nunca achei o e-book pra baixar) e fiquei in love. Vamos a sinopse: Dexter Morgan de dia é um perito da polícia de Miami, com uma namorada, dois enteados e uma irmã policial. À noite, Dexter é um serial killer de tudo o que não presta, como estupradores, assassinos de crianças, etc., que a polícia não consegue pegar. O grande dilema dele é não ser descoberto e, consequentemente, não parar na cadeira elétrica.  É legal por isso e pelo intenso conflito psicológico que o protagonista vive e pelas cenas de assassinato, as minhas preferidas hehehe.

4º lugar: todos os Cinquenta Tons – E.L. James

image

Comecei a ler os Cinquenta Tons no início de 2013, movida pela curiosidade, gerada pelo buzz em volta dos livros e, I must confess, fiquei in love também, pela intensa história de amor retratada ali. Pra quem ainda não sabe direito do que os livros se tratam mesmo com o filme aí. Aliás, filme esse que eu nunca assisti#mejulguem, é a história de amor, paixão, segredos e chicotadas da jovem Anastasia Steele e do magnata Christian Grey. Eles se conhecem quando ela o entrevista no lugar de sua bff doente para o jornal da universidade. Ambos ficam fortemente atraídos um pelo outro, mas de maneiras diferentes: Ana fica perdidamente apaixonada por ele e Grey, que é praticante do BDSM, a quer como sua submissa. Encurtando e já dando spoilers, eles se casam e têm dois filhos no final 😉 Vale a pena pela história de amor super intensa e pelos conflitos psicológicos do Mr. Grey, que são explorados em Cinquenta Tons Mais Escuros.

3º lugar: todos os Gossip Girl – Cecily Von Ziegesar

image

Ok, falem sério: quem não ama de paixão a história de Blair, Serena, Nate e Cia.? A série de livros que originou a bem-sucedida série da CW. Comecei a ler movida por um artigo da Todateen e também por influência de um amigo meu, o Arthur, que é viciado em GG. E assim como em Dexter e em It Girl, que é da mesma autora, nunca consegui ler o último livro. Bem, pra quem nunca ouviu falar, GG narra as histórias cheias de intrigas e glamour de adolescentes do Upper East Side (do Upper West Side, no caso de Jenny e Dan e de Williamsburg, no Brooklyn, no caso de Vanessa). As histórias têm direito a casos de amor, amizade, traição e muita, mas muita fofoca. Gossip Girl é considerada a Sex and the City para adolescentes, o que faz a série ser tão real é o fato de que a autora, Cecily Von Ziegesar, foi criada nesse meio.  Se tiver a oportunidade de ler, não perca.

2º lugar: O Poderoso Chefão – Mario Puzo

image

Li o clássico da literatura e do cinema porque já tinha o livro em casa (uma edição bem antiga, diga-se de passagem, de título O Chefão e foto de Marlon Brando na capa) e também por curiosidade e tédio também. Resultado, é um dos melhores livros que eu já li. O clássico, narra a história do mais lendário mafioso ever, Don Vito Corleone, e de como ele comanda seus negócios. Bem, querida leitora (ou querido leitor), depois que você acabar de ler esse post, corra atrás de ler esse livro (ou de ver o filme, já que ele é bem fidedigno) e tenha sua vida enriquecida, porque, acredite ou não, O Poderoso Chefão ensina até lições de como ser um grande empresário.

1º lugar: Prenda-me Se For Capaz – Frank W. Abagnale e Stan Redding

image

Eis o meu livro preferido! Ele conta a história eletrizante de um dos maiores estelionatários da história dos Estados Unidos (que curiosamente, assim como eu, sopra velinhas em 27 de abril). Frank William Abagnale, Jr., ou Frank Williams, Frank Adams, Robert Conrad, Robert Monjo, entre outros nomes falsos, já foi co-piloto da Pan Am (sem nunca ter feito um curso de aviação sequer), supervisor de residentes em um hospital sem nunca ter posto os pés numa faculdade de medicina, exerceu o Direito do mesmo jeito e enganou uma faculdade inteira fingindo ser professor de Sociologia.Todas essas façanhas foram feitas antes de Abagnale completar 21 anos! Como aqui se faz, aqui se paga, Frank Abagnale passou cinco anos preso entre França, Suécia e EUA e para sair, o nova-iorquino teve que ajudar o FBI a desvendar fraudes. Hoje, ele é um rico consultor antifraudes e sua história deu origem ao filme estrelado por Leonardo DiCaprio e Tom Hanks e a um musical na Broadway.

E aí, gostaram do meu Top 5 de livros? Então contem aí nos comentários o Top 5 de vocês, além de sugestões de outros livros.

Beijos,
Pinky

Look dos dias 27 e 31/12/15

Oi gente!

Primeiramente Feliz Ano Novo! Que Deus derrame chuvas de bênçãos sobre as vidas de vocês! “Segundamente”, o blog finalmente está de volta! Ele ficou parado porque meu velho Samsung Galaxy Y Duos morreu em 15/10 (além do clássico problema da falta de internet).

O look abaixo, de 27/12, foi para o culto desse dia, na minha igreja. Take a look:

image

Blusa Madame Pink, calça Riachuelo, sandálias ViaBeach, bolsa Philo e bijoux de acervo pessoal. Celular novo Samsung também.

image

Detalhes dos anéis.

image

Selfie para mostrar a pulseira (que na verdade é um colar) e o batom. Rosali, um líquido matte da Quem Disse, Berenice?

Quinta-feira, 31/12/15

Esse, é o look da virada de ano, que passei na igreja.

image

Versão sem glamour, para ir andando até lá: Blusa Renner, calça Hidrogênio, chinelos Havaianas (os novos da propaganda com a Susana Vieira) e bijoux de acervo pessoal.

image

O look oficial (com glamour): Sapatos Via Uno e bolsa Philo.

image

Selfie para mostrar o make-up, o colar e a estampa da blusa.

image

Detalhe dos olhos, feitos pela tia maquiadora.

E aí, curtiram os looks? Me contem nos comentários como foi a virada de ano de vocês!

Beijos,
Pinky

PS: tentei fazer o upload de dois posts, mas bugou. Tanto o do look de 27/12 quanto o da virada. Então por favor me perdoem.